quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Tentando Tapar o Sol com a Peneira... É sério isso?


Ultimamente tem circulado muitas correntes e pedidos de que se preservem a família. Acho interessante essa preocupação, mas qual é o perfil de uma família perfeita?

"Pai, mãe, filho 1, filho 2, um cachorro, uma casa com um carro na garagem..."

Esse é o perfil?

Família são os amigos, são os colegas de trabalho, são os vizinhos... isso vale muito mais do que os laços de sangue. Querendo ou não, valorizamos mais os de fora do que os de dentro.

Uma pergunta permeia meus pensamentos:

Esses ativistas estão preocupados com o que se passa nas mentes e corações das pessoas?


Por mais diferentes que somos, somos muito mais intolerantes. Não suportamos que algo destoe do que estamos acostumados. Se a minha 'verdade' não é crida ou aceitada pelos outros, algo está errado. Acredito que nos dias em que vivemos, deveríamos ser bem mais tolerantes. Afinal, se nos toleram em tantas coisas, por que não sermos mais tolerantes com o próximo?

Somos na realidade: PRECONCEITUOSOS.

O preconceito vem de um juízo pré-concebido, que se manifesta numa atitude discriminatória, perante pessoas, crenças, sentimentos e tendências de comportamento. É uma ideia formada antecipadamente e que não tem fundamento sério.


E tudo isso para quê?

Tentar tapar o sol com a peneira? Isso tudo, nada mais é do que tentar ocultar algo com medidas temporárias, parcialmente eficientes ou ineficientes.

"O preconceito eleito
A culpa imoral
A violência descabida
Orientação sexual
Falta de respeito
No púlpito, no pleito
Homofobia, quem diria!
Amplificada pela má-fé!
Homem, mulher
Somos todos bichos
Nichos de mercado
Datados!
Dotados de amor e querência
Por isso não esqueça:
Onde sobra intolerância, falta inteligência!"

 O Sol e a Peneira - O Teatro Mágico



Espero que o caro leitor tenha entendido algo desse monte de coisas juntadas neste post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário