sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

De corpo presente, mas de alma ausente...



Não quero estar presente,
sentindo minha alma ausente!

Não quero ganhar presentes,
e não ter nada aparente.

Não quero me sentir ausente,
mesmo estando presente!

[Poema incompleto...]

Nenhum comentário:

Postar um comentário