sábado, 17 de janeiro de 2015

Depreciação...



Por que você me deprecia?

Por que não me aprecia?

Ontem eu via seus olhos tão apaixonados...

O seu rosto que parece um desenho...

Hoje vejo tudo tão distante e embaçado.

Ah...

"Pobre daquele que pensa que quem pergunta
sabe a resposta de tudo porque escreve.
Este apenas pensa, reflete e transcreve."


Nenhum comentário:

Postar um comentário