segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

VALE: Ele / Ela - Uma outra história [A inocência] - Parte I



"Havia um tempo em que eu vivia um sentimento quase infantil...."

A Cruz E A Espada - Paulo Ricardo e Renato Russo


" Naquédi, era seu nome.

Talvez você nunca tenha ouvido ou imaginado este nome, mas se formos pensar na sua etimologia, é derivado de 'Naked' do inglês, que significa nua.

No entanto, sua mãe e seu pai, nem imaginavam o que aquela palavra que achavam bonita, que parecia soar bem como um nome, na verdade queria dizer. E ainda mais, quem iria imaginar a influência que este nome teria sobre ela.

Enfim...


Era assim:

Criança desde sempre.

Desde que se conhece por gente.

Brincava.

Cantava.

Dançava.


Sem se importar com os olhos que a encontravam.

Se encantava com a simplicidade que parecia ser a vida.

Não tinha malícia, por mais que essa já estivesse em si inserida.


Os anos se passaram e aos poucos ela foi descobrindo o que realmente era viver.

Aos oito anos, perdeu seus pais.

Foi morar com os avós.


Esses à quem até hoje, mantém grande respeito e estima.

Olhando de forma superficial, sua história parece meio 'rasa', mas era imersa em seus sonhos, que ela vivia.

Um comentário: