domingo, 1 de março de 2015

Reality Show



A vida é show de realidade.
A realidade é um show à parte.
A linha entre a realidade e a fantasia é muito tênue.

Às vezes, eu não sei bem de que lado estou.

Embora adoraria que a minha vida fosse como uma série de televisão,
ou como alguns shows de realidade,
onde a tristeza e solidão parecem não existir.

E parece que o tédio também não passa por lá!

Pensando um pouco sobre tudo isso, percebi que:

O meu maior inimigo tem nome, sobrenome e endereço.
Ele não mora longe de mim.
Na verdade, ele mora bem dentro de mim.

Ele é vizinho do tédio,
mas eu não posso reclamar dessa vizinhança,
pois foi eu quem as escolhi.


Nenhum comentário:

Postar um comentário