sexta-feira, 1 de julho de 2016

Certo ou errado?


Quem será o culpado?

Sob a mesma ótica se olham.
Sempre um lado faz mais que o outro.

Alguém tem que ceder?
Mas quem dará o braço a torcer?

Sentimento vão.
Doce ilusão.

Sigo tentando acertar.
Mas parece que estou sempre a errar.

Preciso aprender a me privar,
De ser assim tão ímpar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário