terça-feira, 5 de julho de 2016

O que temos para hoje é saudades...



Saudade não tem hora e nem lugar mesmo.
Já escrevi tanto sobre saudade, que pensei que havia acabado o meu arsenal de saudades.
Mas pelo visto, isso é impossível.

Saudade não avisa quando vai bater.
E hoje eu me rendi.
Senti saudades.

Não sou saudosista, apenas gosto de me lembrar de tudo de bom que já vivi.
Senti saudades de cantar, de dançar, de brincar como uma criança sem hora para voltar para casa.

Mas como ficou eternizada a expressão usada pelo cantor Cristiano Araujo:
"O que temos para hoje é saudades."

~ # ~

A minha intenção, foi apenas de compartilhar o que senti hoje. Às vezes, é uma luta para nascer um par de linhas, mas hoje em poucos minutos, derramei o meu coração e me deixei levar pela emoção. Agradeço a Deus pela montanha russa que é a vida, pois sem isso, não tiraríamos os nossos pés do chão ou não ficaríamos de cabeça para baixo. Altos e baixos fazem parte do que somos e do que ainda vamos ser. Não estou triste, apenas me contradizendo e sendo saudosista.

E como as músicas servem como trilha sonora para as nossas vidas, na minha não poderia ser diferente. Segue abaixo a minha playlist no Spotify, com músicas que muito dizem sobre mim e meus sentimentos. Caso queira saber que músicas remeto as minhas lembranças, aperte o play:


Nenhum comentário:

Postar um comentário