domingo, 2 de abril de 2017

#Post N°. 800


Quando deitamos o número oito, formamos o símbolo do infinito. Alguns o chamam de 'eternidade'. Tenho aprendido que infinito deve ser o segundo, o minuto, a hora, o dia, o momento em que estamos vivendo agora, neste exato momento, pois daqui a pouco já era, já passou, vira passado. Seguindo este pensamento, penso em quantas coisas já se passaram e eu deixei de vive-las na sua totalidade, pois eu estava vivendo alguma situação, mas sonhando com outras. Hoje, tento fazer com que tudo seja diferente. Aproveito intensamente o que me resta. E que continue sendo eterno enquanto durar cada movimento. Este é o meu anseio. Este é o meu desejo. Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário