sábado, 30 de novembro de 2013

+ Bíblia + Camões + Legião Urbana - (Guerra) = Monte Castelo


Monte Castelo pode ser:

Monte Castelo, município em São Paulo, Brasil.
Monte Castelo, município em Santa Catarina, Brasil.
Monte Castelo, bairro do município de Fortaleza, Ceará.
Monte Castelo, bairro do município de Juiz de Fora, Minas Gerais.
Monte Castelo, bairro do município de Volta Redonda, Rio de Janeiro.
Monte Castelo, bairro do município de São Luís do Maranhão.
Monte Castelo, bairro do município de Três Rios, Rio de Janeiro.
Monte Castelo, Castro em Matosinhos, Portugal.
Batalha de Monte Castelo, em Força Expedicionária Brasileira.
Santa Cruz de Monte Castelo, município no Paraná
Monte Castelo, canção do grupo Legião Urbana.

Monte Castelo é uma canção da banda brasileira de rock Legião Urbana, lançada no álbum As Quatro Estações de 1989. Composta por Renato Russo, a canção traz citações do poeta português Luís Vaz de Camões em seu soneto 11, além do capítulo 13 de 1 Coríntios, livro da Bíblia.

A letra desta canção fala da importância do amor, do amor entre os seres-humanos. Ela faz um destaque ao texto bíblico, pois tudo passará, mas é o amor que vai permanecer.

Monte Castelo, também é o nome do local onde a FEB (Força Expedicionária Brasileira) ganhou sua principal batalha durante a Segunda Guerra Mundial - ou seja, uma alusão a um ato de desamor da humanidade. O título, ao contrário da maioria dos títulos, é uma referência antagônica a mensagem da letra.

Fonte: Wikipédia

Monte Castelo
Legião Urbana

"Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem amor eu nada seria

É só o amor! É só o amor
Que conhece o que é verdade
O amor é bom, não quer o mal
Não sente inveja ou se envaidece

O amor é o fogo que arde sem se ver
É ferida que dói e não se sente
É um contentamento descontente
É dor que desatina sem doer

É um não querer mais que bem querer
É solitário andar por entre a gente
É um não contentar-se de contente
É cuidar que se ganha em se perder

É um estar-se preso por vontade
É servir a quem vence, o vencedor
É um ter com quem nos mata a lealdade
Tão contrário a si é o mesmo amor

Estou acordado e todos dormem
Todos dormem. Todos dormem
Agora vejo em parte
Mas então veremos face a face

É só o amor! É só o amor
Que conhece o que é verdade

Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem amor eu nada seria"


1 Coríntios 13:1-13

"Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor."

Soneto n°. 11

"Amor é fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói, e não se sente;
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
é um andar solitário entre a gente;
é nunca contentar-se de contente;
é um cuidar que ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
é servir a quem vence, o vencedor;
é ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?"

 Luís Vaz de Camões

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Vivendo e Aprendendo: 50 tons de vergonha... na cara!

Certamente você já deve ter ouvido ou dito as seguintes frases: "Nossa, mas que cara de pau!", "Peroba nele...", "Pau que nasce torto nunca se endireita..." e por aí vai...

Há em todo homem um senso de julgamento de se achar melhor, de muitas vezes se julgar superior. Mesmo existindo aqueles que tem um senso de inferioridade gigantesco, como esse que vos escreve.

Ontem me coloquei em uma situação por causa da minha boca grande. Na verdade não é de hoje que coisas semelhantes acontecem. Fato é que "a grama do vizinho é sempre mais verde", então fica mais fácil analisar, comparar, questionar e executar (não sei como descrever) a ação de julgar!


Estava com algumas pessoas e elas falavam sobre o livro "50 tons de cinza", livro esse que não li, não conheço, mas que taxo como impróprio, condenável e com conteúdo erótico. Após liberar toda a minha "achologia" e demonstrar ser o detentor da mais soberana verdade, fiquei mal. Percebi que não adianta que eu grite para as pessoas o que deve ou não ser feito, pois quem sou eu?

Agradeço a Deus por passar por estas situações, pois assim eu aprendo (eu espero). Pelo menos reflito sobre minhas ações. Há alguns dias, estive com uma pessoa que fez o mesmo que fiz. Tudo o que eu fazia gerava um comentário de sua parte, me condenando por cada passo que eu dava para fora do seu padrão do que é certo. E isso me leva a pensar na hipocrisia, não vou dizer que nos cerca, mas que já está "incrustada" dentro de nós.

A hipocrisia é por que:

Temos que manter a imagem idônea diante do todos. Não podemos dar brecha, ou pisar 'fora da faixa'. Por isso precisamos rejeitar tudo o que pode nos comprometer diante dos holofotes.

Mas e quando essas luzes se apagam e todos se vão, o que vale? O que pode?

Revelamos quem realmente somos quando estamos sozinhos ou com alguém com quem temos uma grande intimidade. Nos esquecemos que o Deus que é invisível, mas real continua conosco. Quando me lembro disso, confesso que sinto um 'gelo', pois creio que no dia do grande juízo, o filme da minha vida irá passar no cinema do Céu... e todo olho verá!

Eu só acredito que precisamos nos fazer conhecidos pelas pessoas, assim como Deus nos conhece. Talvez este "conselho" possa gerar algum desconforto. Espero que eu não seja mal interpretado. A intenção não é fazer apologia e nem uma rebelião contra o livro, pois opinião e gosto... cada um tem a sua. Quero apenas compartilhar o que estou vivendo e aprendendo.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Thanksgiving - Dar graças

Sou alguém que gosta muito de algumas datas especiais do ano. Embora soe contraditório por aqui, quando escrevo que não gosto da apologia que as pessoas fazem com algumas datas. Por este motivo, utilizei a palavra 'algumas', para expressar o quero dizer.

Nessa época do ano, já podemos ver sinais do Natal. Sinto saudades do tempo em que estas festas eram extremamente relevantes para mim. Não que hoje não sejam, mas a 'magia' e 'espírito natalino' ao meu ver, não existem mais. É triste.

Gosto muito da combinação de cores e luzes que o Natal traz. Confesso que sempre tive o sonho de ter uma árvore de Natal, mas isso nunca aconteceu. Quem sabe um dia... E hoje, em alguns lugares do mundo, para ser mais preciso, nos Estados Unidos, eles celebram o Thanksgiving Day, ou como conhecemos, 'o dia de ação de graças'.

O significado de Thanksgiving é dar graças.

O Dia de Ação de Graças, conhecido em inglês como Thanksgiving Day, é um feriado celebrado nos Estados Unidos e no Canadá, observado como um dia de gratidão, geralmente a Deus, pelos bons acontecimentos ocorridos durante o ano. Neste dia, pessoas dão graças com festas, jantares típicos e fazem orações.

Esse dia é comemorado na quarta quinta-feira de novembro. É um dia quando as pessoas usam seu tempo livre para estar com a família. O prato principal do Dia de Ação de Graças geralmente é peru, o que dá ao dia o apelido de "Dia do Peru" . Além disso, os cookies também são muito tradicionais nessa data.


E fico a pensar: "Como sempre agregamos a nossa vida tudo o que é importado, por que não o ato de agradecer mais?". Não precisamos estabelecer mais uma data como feriado em nosso vasto calendário cheio de feriados religiosos, mas precisa existir um senso de gratidão dentro de nós.

Eu acredito que não estamos largados neste mundo e que tudo tem um propósito e uma razão. Acredito que existe um Deus que criou céus, terras, mares e tudo quanto neles há. Por isso, devemos parar de reclamar e agradecer mais. Agir da melhor forma com os recursos que a nós são empregados.

"Nunca estamos satisfeitos, sempre queremos mais e nunca nos sentimos gratos por tudo o que nos tem sido dado." - Craig Groeschel

Que não seja somente hoje, mas que todos os dias possamos agradecer pelas coisas mais simples, pois temos a tendência de sempre agradecer por aquilo que é grande e notável. Acredito que a gratidão faz com que andemos de forma leve. A gratidão preserva a bênção do Senhor.

Ao invés de esperar que a mudança ocorra a partir dos outros, estou buscando ajuda Divina para que a gratidão possa ter maior espaço em minha vida!

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Julgamentos e mais julgamentos...

O verbo julgar significa: "Decidir, resolver como juiz ou como árbitro, lavrar ou pronunciar sentenças". E quando fazemos isso estamos tão cheios de justiça que nem pensamos que este ato tem um significado muito profundo.

"A quem foi dado o poder de julgar os vivos e os mortos?"

A resposta está em João 5.19-27.


Julgamentos são sempre precipitados.

Julgamos sempre pela aparência.

Estando errados ou não julgamos.

A nossa natureza tem a tendência de sempre se julgar superior ao outro.

Julgamos sendo julgados.
 
Julgamos mesmo sem julgar.

 Mesmo querendo acertar julgamos.

O maior julgador é aquele que acusa os outros de o julgarem.

Existem várias formas de julgar. Avaliar, apontar ou liberar um "achismo".

Aquele que julga nunca conhece os dois lados da história. Ou da moeda.

Sempre é tendencioso para aquilo que acredita ser verdade.

Julgamos sem entender. Sem conhecer. Ao invés de pedir uma explicação. Preferimos ficar com o nosso 'prejulgamento', que já está calejado e apurado.

"Quem julga as pessoas não tem tempo para amá-las."

- Madre Teresa de Calcutá

Então ao invés de usarmos nossa autodefesa julgando de antemão alguém, precisamos tentar nos colocar na situação desse alguém.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

É possível não julgar?

Tenho revirado minha mente e minhas entranhas, questionando se isso será possível...

"Julgar ou não julgar... Eis a questão???"


"Muitos tentam aplicar a passagem que diz: "Não julguem, e vocês não serão julgados" em qualquer situação. Mas isto seria contrariar o ensino das Escrituras que nos manda julgar o pecado e a má doutrina. Aqui Jesus fala de não julgar as pessoas, seus motivos e modo de ver as coisas. O contexto inclui a indagação: "Pode um cego guiar outro cego? Não cairão os dois no buraco?" (Lucas 6.39)."

O entendimento é claro: devemos julgar o pecado e não o pecador.

"Não bombardeiem de críticas as pessoas quando elas cometem um erro, a menos que queiram receber o mesmo tratamento. Não pisem nos que estão por baixo: a situação pode se inverter. Tratem todos com bondade, e a vida será muito melhor. Entreguem a vida! Vocês a receberão de volta, e não só isso: o retorno será cheio de recompensa e de bênçãos. Dar é o caminho, não ganhar. Generosidade produz generosidade”.“Não bombardeiem de críticas as pessoas quando elas cometem um erro, a menos que queiram receber o mesmo tratamento. Não pisem nos que estão por baixo: a situação pode se inverter. Tratem todos com bondade, e a vida será muito melhor. Entreguem a vida! Vocês a receberão de volta, e não só isso: o retorno será cheio de recompensa e de bênçãos. Dar é o caminho, não ganhar. Generosidade produz generosidade."

Lucas 6.37-38

Sendo fácil ou não, precisamos tentar, ou melhor solicitar pela ajuda Divina, por que sem Ela, somos juízes sem causa.


"Não olhe para o exterior. Não fique impressionado com sua aparência e estatura. Eu já descartei esse. O Eterno não julga as pessoas pelos padrões humanos. Os homens e as mulheres olham para a aparência, mas o Eterno vê o coração."

1 Samuel 16.7

A Palavra sempre me surpreende:

"Portanto, não se submetam a ninguém que os pressione por causa de detalhes como dieta, modo de cultuar ou dias santos. Todas essas coisas são apenas sombras das coisas que haveriam de vir: a substância é Cristo.

Não tolerem os que tentam governar a vida de vocês, exigindo reverência e insistindo em que vocês se juntem a eles em sua obsessão por anjos e visões. É tudo conversa fiada. Eles não têm nenhum contato com a fonte da vida, Cristo, que nos reúne a todos numa única peça, e seu fôlego e seu sangue passam através de nós. Ele é a Cabeça; e nós, o corpo. Só teremos um crescimento saudável em Deus se ele nos nutrir.

Assim, se com Cristo vocês deixaram para trás aquela religião pretensiosa e infantil, por que agora se permitem intimidar por ela? “Não toquem nisto! Não provem aquilo! Não cheguem perto daquilo!” — acham que essas coisas que hoje estão aqui e amanhã desaparecem são dignas de atenção? Ditas em voz alta, essas ordens podem impressionar. Chegam a parecer religiosas, evocando humildade e sacrifício. Mas não passam de outra forma de autoprojeção, de parecer importante.
"

Colossenses 2.16-23

Que a Palavra nos disfaça...

"Muitos que vivem merecem a morte. E alguns que morrem merecem viver. Você pode dar-lhes a vida? Então não seja tão ávido para julgar e condenar alguém a morte. Pois mesmo os muitos sábios não conseguem ver os dois lados." - Tolkien

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Há algo de errado...


Há algo de errado quando a igreja se resume a um monte de gente encerrada num prédio denominado “casa de Deus”. Há algo de errado nessa ideologia que considera “estar inserido na obra de Deus” como “fazer atividades da igreja”. Há algo de errado quando igreja é tijolo e não gente ou quando essa gente é uma cambada de Percy Jacksons e não simples seres humanos de verdade.

Há algo de errado quando você precisa de momentos sobrenaturais e manifestações possivelmente espirituais para ter prazer em Deus e se deleitar nEle. Há algo de errado quando você se sente “renovado” apenas por causa de cultos cheios de “fogo” e não simplesmente por causa da Palavra. Há algo de errado quando você fica extasiado com maravilhas “espirituais” e não se maravilha simplesmente com a ternura da Palavra e o confronto e conforto que ela traz. Há algo de errado quando, para você, voltar à rotina é difícil, como se Deus estivesse restrito a algum tipo de momento ou experiência. Há algo de errado quando Deus não está inserido na sua rotina e a Presença é uma coisa que você apenas sente e não algo em que você vive.

Há um monte de coisas erradas. Em mim, em você, em nós como cristãos, em nós como Igreja. Quem sou eu para apontar essas falhas? Sou um nada. Quem sou eu para dizer quem ou o que está certo ou errado? Só mais alguém cheio de erros. O que enxergo, porém, é que nos tornamos uma GERAÇÃO SENSAÇÃO.

A Geração Sensação vive por aquilo que sente e não pelo que sabe. Ninguém quer conhecer a Deus através da meditação e estudo da Palavra ou pela comunhão com Ele nas coisas simples do cotidiano. Queremos ter um relacionamento com Ele baseado em experiências extraordinárias. Não dizemos mais como Jó: “EU SEI que meu Redentor vive” (Jó 19:25) ou como Paulo: “Porque ESTOU CERTO de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.” (Romanos 8:38-39). Esses caras não disseram “Eu SINTO que meu Redentor vive” ou “Porque eu tô sentindo que nada me separará do amor de Deus”. Não. Como eles, precisamos ter mais convicções a respeito de Deus, de quem nós somos, de quem Ele é. Precisamos ter uma compreensão cada vez mais profunda da Verdade.

A Geração Sensação também prefere 2 horas de “louvor e adoração extravagante” a 2 horas de estudo da Palavra: “Ai, isso é cansativo”. É por isso que não sabemos quem somos muito menos quem Deus é, afinal, dedicamos horas para cantarmos mantras do gospel que repetem 352 vezes a mesma estrofe, mas que são pobres em conteúdo, meditamos em versículos isolados ou deixamos apenas pra escutar a pregação do domingo. É por isso também que, para a Geração Sensação, “renovo de Deus” é sinônimo de “cultos fervorosos” ou uma emoção provocada por uma canção. O renovo que a Palavra dá é coadjuvante. O resultado? Cristãos que ficam procurando experiências, não Deus. A Geração Sensação só conhece a Palavra superficialmente e vai sendo levada por todo vento de doutrina (Efésios 4:14), por toda invencionice ou distorção de guitarra. A falta de conhecimento faz o povo perecer (Oseias 4:6). A falta de conhecimento do que a Bíblia diz faz surgirem distorções como as citadas no primeiro parágrafo deste post: “casa de Deus” como sendo tijolos, etc.

           Enfim, que Jesus nos tire dessa condição de Geração Sensação e nos guie a uma compreensão mais profunda dEle. Que nosso desejo de conhecer mais de Deus não seja um eufemismo para “quero ter sensações sobrenaturais”. É lógico que os sinais seguirão aqueles que creem. E também que os dons do Espírito servem para edificar a Igreja. O sobrenatural é parte da vida do cristão com Deus. Que não nos tranquemos, porém, numa busca frenética por essas experiências. Que a transformação de Deus em nós não esteja condicionada a isso. Que nossa ardência e paixão em buscar a Deus não esteja alicerçada nos arrepios de quando “sentimos Deus”. Que a Palavra, porém, nos desfaça. Que nela enxerguemos quem Deus é, quem nós éramos, quem somos e quem seremos. Que sejamos como Jesus, que tinha seus momentos de comunhão a sós com Deus, mas que não considerava Deus como algo restrito a esses instantes, antes, caminhava, cotidianamente, inserido na Presença.

sábado, 23 de novembro de 2013

"Quem não tem 'Teto de Vidro' que atire a primeira pedra..."

O ano era 2003. Começávamos a ouvir um som diferente que chamava a nossa atenção, pela fúria e verdades expressas em suas letras. Por causa de nossa religiosidade latente, o ruminar desse som, dessa canção ficava guardado para o oculto, onde os olhos e ouvidos de nenhum religioso poderiam alcançar. Havia no meu meio, alguém que conseguia enxergar aquilo que demorei anos para ver. Uma das canções era 'Teto de Vidro' da Pitty.

"Quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedra
 

Andei por tantas ruas e lugares
Passei observando quase tudo
Mudei, o mundo gira num segundo
Busquei dentro de mim os meus lares
 

E aí, tantas pessoas querendo sentir sangue correndo na veia
É bom assim, se movimenta, tá vivo
Ouvi milhões de vozes gritando
E eu quero ver quem é capaz de fechar os olhos
E descansar em paz...

Na frente, está o alvo que se arrisca pela linha
Não é tão diferente do que eu já fui um dia
Se vai ficar, se vai passar (Não sei!)
E num piscar de olhos, lembro tanto que falei, deixei, calei
E até me importei, mas não tem nada, eu tava mesmo errada
Cada um em seu casulo, em sua direção, vendo de camarote a novela da vida alheia
Sugerindo soluções, discutindo relações
Bem certos que a verdade cabe na palma da mão
Mas isso não é uma questão de opinião
Mas isso não é uma questão de opinião
E isso é só uma questão de opinião...
"


Me lembro que nessa época muitos dissertavam sobre a espiritualidade de Pitty. Enfim, seja qual tenha sido, acredito que nos termos que ela colocou, a expressão ficou famosa. Mas, para quem conhece uma das histórias narradas nos evangelhos sobre a vida de Jesus, consegue fazer a mesma alusão que eu faço quando penso nessa canção.


A PONTO DE SER APEDREJADA

"Jesus retirou-se para o monte das Oliveiras, mas logo voltou para o templo. O mundaréu de gente estava à sua volta, e ele se sentava e começava a ensiná-los.

Os mestres religiosos e os fariseus apareceram com uma mulher que fora apanhada em adultério. Eles a puseram à vista de todos e disseram: “Mestre, esta mulher é adultera, foi apanhada em flagrante. Moisés, na Lei, ordena o apedrejamento de quem comete esse crime. O que o senhor diz?”. Eles tentavam apanhá-lo numa armadilha. Queriam induzi-lo a dizer algo incriminador, que pudessem depois usar contra ele.

Jesus limitou-se a ficar escrevendo com o dedo na terra. Mas eles não desistiram. Por fim, ele se levantou e disse: “Quem de vocês não tiver pecado seja o primeiro a atirar a pedra”. Encurvando-se novamente, continuou a escrever na terra.

Ouvindo isso, eles começaram a deixar o local, um após o outro, a começar pelos mais velhos. A mulher foi deixada ali. Jesus levantou-se e perguntou: “Mulher, onde eles estão? Ninguém condenou você?”

“Ninguém, Senhor”, foi a resposta. “Nem eu”, disse Jesus. “Siga seu caminho. Mas, de agora em diante, não volte a pecar”.
"

João 8.1-11

Poderia fazer vários comentários, mas como tenho aprendido a Palavra por si só já basta! Não necessita de interpretações humanas. É claro que existem momentos para tudo. Dizer que não devo julgar para não ser julgado, seria fazer o mesmo que todos fazem. Por isso, não quero mais dizer para alguém que ela deve ou não fazer algo, por que posso ser reprovado.

Mas quando penso nisso que aconteceu e ainda acontece, eu percebo o quanto estamos distantes do evangelho de Jesus, pois sabemos somente o que devemos fazer quando alguém fizer algo de errado. Nos lembramos sempre do tempo da Lei e nos esquecemos de Jesus. Precisamos ler mais sobre Ele, para saber como agir e reagir.

"Mas isso não é uma questão de opinião...
E isso é só uma questão de opinião..."

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Ministérios fracassados...

Hoje quero compartilhar algo muito especial e que me traz muita esperança. Antes eu gostava do que era complicado, grandioso e luxuoso, isso não significa que eu não saiba aproveitar dessas coisas (risos), mas tenho aprendido que o simples é melhor. Tenho aprendido que as coisas foram feitas para serem usadas e não as pessoas. E as pessoas para serem amadas e não usadas. Que existem velhas verdades que não tem sido mais ditas, entre outras coisas. Ontem postei no meu Twitter uma frase da música 'Índios' da Legião urbana, que diz assim:

"Quem me dera ao menos uma vez que o mais simples fosse visto como o mais importante..."

E quem dera a simplicidade fizesse parte de nossa rotina. Não vou nem estender, mas se cada um fizesse sua parte, teríamos um mundo melhor, com pessoas melhores.


Há alguns anos conheci um músico chamado Eduardo Mano. Como sempre gostei de baixar conteúdos gratuitos com devida autorização, foi o que me chamou a atenção, a principio. Mas foi ao longo dos anos que fiquei conhecendo melhor seu trabalho. Para ser sincero, foi nesse semana que fiz um intensivão ouvindo suas canções.

Já troquei algumas mensagens com ele, sobre como fazia com os seus direitos autorais e o mesmo me descreveu que não registrava nada e que sabia que um dia teria um grande problema com isso. E quando vi sua mensagem pensei no que eu queria ser e fazer.

A forma com que ele trata o que 'de graça ele recebeu' e que entende que da mesma forma 'de graça ele deve dar', me inspirou a divulgar minhas músicas gratuitamente na internet [não que eu tivesse pretensão de que alguém fosse pagar pelas minhas músicas... ou que uma gravadora fosse ouvir minhas músicas e querer me contratar... (risos) imagina... de forma nenhuma... #sqn kkk].

O mesmo participou de um projeto chamado 'Ministérios Fracassados', onde compartilhou em seu blog um relato sobre o que aconteceu após quase um ano de sua divulgação, estou replicando aqui e caso você tenha interesse em conhecer, abaixo o documentário completo:


 Em alguns dias, o documentário Ministérios Fracassados, produzido pelo Yago Martins, completará um ano de lançamento. Como vocês sabem, eu participei do vídeo como um dos entrevistados, e pela graça de Deus, os frutos deste trabalho foram muito proveitosos. Claro, houve quem reprovasse, achasse ruim, e etc. Mas as bênçãos foram maiores, e em maior número. Não dá nem pra prestar atenção nos comentários ruins.

Uma das grandes portas que o vídeo abriu foi a possibilidade que eu tive de pregar em lugares onde nunca fui, e talvez nunca vá. Explico. Em muitas igrejas, a minha parte do vídeo foi utilizada para fomentar a conversa sobre ministério e sucesso junto a equipes de louvor espalhadas em todo Brasil. E em algumas partes do mundo. Meus 8 minutos de participação no vídeo são meu testemunho para pessoas que possivelmente eu nunca vou encontrar face a face, mas sei, por relatos, que foram marcadas por aquilo que conto no vídeo.

Continuamos a ser um ministério diminuto. Quando saímos, geralmente vou apenas eu e minha esposa, sem os meninos da banda. Continuamos, todos, com nossos empregos. Continuamos, todos, no intuito de criar música que sirva para a edificação da Igreja e para a glorificação do Nome de Cristo. Que Deus nos proteja de algum dia pensarmos em fazer as coisas de outra forma.

Espero que o vídeo aí em cima sirva para algo na tua vida (caso você ainda não o tenha visto). E se você não sabia da existência do Ministérios Fracassados, por favor, assista a todo documentário. Tenho certeza de que não será perda de tempo.

A paz de Cristo!

Eduardo Mano

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

"Andá com fé eu vou que a fé não costuma faiá..."


No último sábado assisti ao filme "O concurso", um filme não tão novo de comédia nacional, mas muito bom na minha humilde opinião. Ele narra a trajetória de quatro concurseiros rumo a prova final para o cargo de juiz federal. Os personagens passam por vários momentos engraçados. São quatro candidatos diferentes. Um carioca que tenta se dar bem, arrumando um gabarito ou alguma dica quanto a prova final, um rapaz tímido do interior de São Paulo, um gaúcho, muito cobrado e pressionado por seu pai, e um homem de fé.

E no final do filme, quando começam a aparecer os créditos, ouve-se Gilberto Gil cantando:

"Andá com fé eu vou
Que a fé não costuma faiá...
"


E isso me fez atentar para como se desenrola a história no filme. Se você não assistiu a este filme, pare sua leitura por aqui (risos). Mas essa situação só me faz atentar mais para o fato de que sem fé nada é possível. De verdade, sem clichê gospel. Por que quem acredita alcança aquilo que tanto almeja. E foi isso que Renato Russo cantou em 'Mais uma vez': "Quem acredita sempre alcança...". Eu acredito que Deus honra a Fé das pessoas.

Se formos recorrer a bíblia temos muitos exemplos de Fé. Vamos usar o exemplo de Abraão. No capítulo 22 de Gênesis, Deus pôs Abraão a prova.

"Então disse Deus: Tome seu filho, seu único filho, Isaque, a quem você ama, e vá para a região de Moriá. Sacrifique-o ali como holocausto num dos montes que lhe indicarei." Gênesis 22.2

Se você recebesse essa incumbência de Deus, como reagiria? Hoje ouvimos muito das pessoas que devemos renunciar, abrir mão e sacrificar, mas esse sacrificar que Deus pediu para Abraão era de literalmente matar seu próprio filho, o filho da promessa. E veja qual foi a atitude de Abraão:

"Na manhã seguinte, Abraão levantou-se e preparou o seu jumento. Levou consigo dois de seus servos e Isaque seu filho. Depois de cortar lenha para o holocausto, partiu em direção ao lugar que Deus lhe havia indicado. No terceiro dia de viagem, Abraão olhou e viu o lugar ao longe.
Disse ele a seus servos: "Fiquem aqui com o jumento enquanto eu e o rapaz vamos até lá. Depois de adorarmos, voltaremos". Abraão pegou a lenha para o holocausto e a colocou nos ombros de seu filho Isaque, e ele mesmo levou as brasas para o fogo, e a faca. E caminhando os dois juntos...
" Gênesis 22.3-6

A bíblia não dá muitos detalhes sobre a reação de Abraão, mas como um amigo disse, me dou o direito de acreditar que ele não estava feliz. E quem estaria? É tão interessante pensar que não havia nenhum ruído com relação a reclamações por dele. Imagino se esse pedido fosse direcionado a mim nestes dias. Não sei como reagiria...

"Isaque disse a seu pai Abraão: "Meu pai! " "Sim, meu filho", respondeu Abraão. Isaque perguntou: "As brasas e a lenha estão aqui, mas onde está o cordeiro para o holocausto? " Respondeu Abraão: "Deus mesmo há de prover o cordeiro para o holocausto, meu filho". E os dois continuaram a caminhar juntos. Quando chegaram ao lugar que Deus lhe havia indicado, Abraão construiu um altar e sobre ele arrumou a lenha. Amarrou seu filho Isaque e o colocou sobre o altar, em cima da lenha. Então estendeu a mão e pegou a faca para sacrificar seu filho. Mas o Anjo do Senhor o chamou do céu: "Abraão! Abraão! " "Eis-me aqui", respondeu ele.
"Não toque no rapaz", disse o Anjo. "Não lhe faça nada. Agora sei que você teme a Deus, porque não me negou seu filho, o seu único filho. " Abraão ergueu os olhos e viu um carneiro preso pelos chifres num arbusto. Foi lá, pegou-o e sacrificou-o como holocausto em lugar de seu filho. Abraão deu àquele lugar o nome de "O Senhor proverá". Por isso até hoje se diz: "No monte do Senhor se proverá".
" Gênesis 22:7-14

Isso é Fé. Pois sabendo o que Deus pediu não hesitou em nenhum momento ou mesmo deu sinais de murmuração. Um dos sinais da Fé, é calar, silenciar e andar na direção daquilo que se acredita e confia. Precisamos de um fé mais ativa.

Então por que Abraão foi um homem de fé, ele foi aprovado. Que não somente cantemos sobre Fé, mas que busquemos andar em Fé.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Oração

Acredito que todos fazemos orações. Me atrevo a dizer sem exceção. Desejos de que tudo corra bem. Frases como: "Deus te abençoe", ou até mesmo 'Amém!', creio que são formas de oração.



Muitas vezes corremos atrás das pessoas que são conhecidas por orarem, como se somente elas tivessem as devidas palavras para se achegarem a Deus. Ou em meio a um grupo podemos ouvir: 'Ah, eu não sei orar...' ou 'Eu tenho vergonha...'. Enfim, elencamos milhões de motivos para não orar. Não nos sentimos dignos de chegar até Deus com as nossas palavras. Mas quem é digno?

Oração nada mais é do que uma conversa franca e direta. Jesus nos deixou várias formas de fazer e não fazer orações. Por exemplo:

"E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão." Mateus 6.5

"E aconteceu que, estando ele a orar num certo lugar, quando acabou, lhe disse um dos seus discípulos: Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou aos seus discípulos. E ele lhes disse: Quando orardes, dizei: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; seja feita a tua vontade, assim na terra, como no céu. Dá-nos cada dia o nosso pão cotidiano; E perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a qualquer que nos deve, e não nos deixe cair em tentação, mas livra-nos do mal." Lucas 11.1-4

"E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á; Porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-lhe-á. E qual o pai de entre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente? Ou, também, se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião? Pois se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que o pedirem?" Lucas 11.9-13

Esses são apenas alguns exemplos de orações que Jesus nos deixou.

Eu tenho usado as canções que gosto de ouvir como orações. Em grande parte das vezes, as mesmas conseguem expressar em palavras aquilo que eu não consigo dizer. E existe uma oração, em forma de canção que se chama oração, para variar um pouco, dos Arrais. Ela é um tipo de oração um pouco distante do que temos ouvido em nosso meio 'Gospel'.

Se formos analisar a palavra Gospel do inglês, ela significa evangelho. Então, sub entendesse que o estilo muito famoso no Brasil, devesse falar mais sobre o evangelho de Jesus. Mas como somos em demasia tendenciosos, lá vou eu compartilhar algo que acredito que seja honesto e coerente com o evangelho de Jesus:

Oração
André e Tiago Arrais

"Em oração eu trilho o caminho que Jesus abriu
Até o trono onde Sua graça flui como um rio
Santo, Santo, anjos cantam, Santo

E pela fé caminho até avistar o Autor da minha fé
E o que eu posso oferecer para honrar quem Ele É

Santo, Santo, anjos cantam, Santo

E ao partir me vi, eu sou indigno
Mas Sua voz me diz não vá meu filho

Torne meu sofrimento em testemunho
E esvazie de mim e desse mundo
E que o meu nome morra com meu corpo
E que o de Cristo permaneça em tudo

Que eu receba aquilo que preciso e nem um pouco mais
Me dê os bens que de imediato eu possa abandonar
Santo, Santo, eu canto, Santo, Santo

Torne meu sofrimento em testemunho
E esvazie de mim e desse mundo
E que o meu nome morra com meu corpo
E que o de Cristo permaneça em tudo
No nome de Cristo, no nome de Cristo
Amém"


Que declarações como estas possam ser incluídas em nossa vasta ou reduzida lista de orações.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Teria sobre 21


 21 ou Vinte e Um podem referir-se a:

Uma data, um número natural, um jogo de baralho, um jogo de dados, um canal de televisão ou o nome de um álbum (CD) da cantora britânica Adele. E também podem ser 21 atributos da pessoa de Cristo. [Isso não significa que Jesus tenha apenas 21 atributos...] É isso mesmo. E eles foram elencados pelos Arrais na música "21". Eu tinha uma teoria de que isso fosse verdade. Sempre que ouvia a música tentava contar, mas nunca chegava a essa conclusão. Depois que compartilhei com um amigo sobre isso, ele fez esse trabalho de contar. A principio disse ter conseguido mesurar 21, mas como eu havia chegado a apenas 20, ficamos arrazoando até que apareceu o número 21.

21
Os Arrais

"O bebê de Belém [1], homem de dor[2]
Consolação de Israel [3], rei das nações [4]
A semente prometida [5]

Príncipe da paz [6], o caminho [7], a verdade [8] e vida [9]
Deus conosco [10], cordeiro de Deus [11], meu redentor [12]
Meu Jesus [13]

O leão de Judá [14], Yeshua [15]
Meu juiz [16], mediador [17], pão do céu [18]
A palavra se fez carne [19]

Príncipe da paz, o caminho, a verdade e vida
Deus conosco, cordeiro de Deus, meu redentor
Meu Jesus

O Messias esperado [20]

Príncipe da paz, o caminho, a verdade e vida
Deus conosco, cordeiro de Deus, meu salvador [21]
Meu Jesus"


Tentei alinhar os versos da canção com alguns versículos. Não sei se foram estes que os Arrais utilizaram, mas dá para termos uma pequena base do que a Palavra fala sobre quem é Jesus:

1. Lucas 2, narra o nascimento do bebê de Belém.

2. Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum. Isaías 53.3

3. Havia em Jerusalém um homem cujo nome era Simeão; e este homem era justo e temente a Deus, esperando a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele. Lucas 2.25

4. Quem não te temerá, ó rei das nações? Esse temor te é devido. Entre todos os sábios das nações e entre todos os seus reinos não há absolutamente ninguém comparável a ti. Jeremias 10.7

5. "Porei inimizade entre você e a mulher, entre a sua descendência e o descendente dela; este lhe ferirá a cabeça, e você lhe ferirá o calcanhar". Gênesis 3.15 - Desde o começo, a identidade da prometida ‘semente’ era um segredo sagrado de Deus. Esta declaração profética revelou que haveria um libertador que destruiria aquele que realmente foi representado pela serpente, a saber, a grande serpente e inimigo de Deus, Satanás, o Diabo.

6. Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz. Isaías 9.6

7, 8 e 9. Respondeu Jesus: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim. João 14.6

10. "A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe chamarão Emanuel" que significa "Deus conosco". Mateus 1.23

11. No dia seguinte João viu Jesus aproximando-se e disse: "Vejam! É o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! João 1.29

12. Eu sei que o meu Redentor vive, e que no fim se levantará sobre a terra. Jó 19.25

13. "Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, por não crer no nome do Filho Unigênito de Deus." João 3.16-18

14. Então um dos anciãos me disse: "Não chore! Eis que o Leão da tribo de Judá, a Raiz de Davi, venceu para abrir o livro e os seus sete selos". Apocalipse 5.5

15. Forma como o nome de Jesus era pronunciado em Hebraico. Significa 'SALVAR'.

16. Porque o Senhor é o nosso Juiz; o Senhor é o nosso legislador; o Senhor é o nosso rei, ele nos salvará. Isaías 33.22

17. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo. 1 Timóteo 2.5-6

 18. Disse-lhes, pois, Jesus: Na verdade, na verdade vos digo: Moisés não vos deu o pão do céu; mas meu Pai vos dá o verdadeiro pão do céu. João 6.32; Porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo. João 6.33; Este é o pão que desce do céu, para que o que dele comer não morra. João 6.50

19. No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. João 1.1; E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. João 1.14

20. A mulher disse-lhe: Eu sei que o Messias (que se chama o Cristo) vem; quando ele vier, nos anunciará tudo. João 4.25; Este achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe: Achamos o Messias (que, traduzido, é o Cristo). João 1.41

21. E o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador; Lucas 1.47; Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, 1 Timóteo 2.3; E vimos, e testificamos que o Pai enviou seu Filho para Salvador do mundo. 1 João 4.14

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

"Vem me socorrer..."

 

E para começar mais uma semana, nada melhor do que começar clamando pela ajuda de Deus: "Vem me socorrer!!!". Olhem o vídeo dessa menininha cantando isso:


Vem Me Socorrer
Palavrantiga

Não tenho um tom
Não tenho palavras
Não tenho acorde que
Me socorra agora
Tudo foi embora
Só tenho Você

Havia um silêncio
Que mostrou os meus vícios
Me agarro contigo
Vem me socorra agora
Tudo foi embora
Só tenho Você amor
Agora

E essa não é mais uma canção de amor
Não, não, não

Eu canto pra Ti
Sei onde estou
Olhando pra mim posso saber
Que nada sou

Eu grito pra Ti oh Deus
Vem me socorrer
Olhando pra mim posso saber
Que nada posso fazer


domingo, 17 de novembro de 2013

Do quê adianta?


Já citei essa canção em alguns post's, mas ainda não descrevi um pouco sobre a sua história. Conversando com meu parceiro de composição desta canção, arrazoávamos pelo fato de achar que a canção é boa, mas talvez fora de nosso contexto hoje. Como falei com ele, quando canto e escuto esta canção não a vejo como algo que serve de acusação para alguém, mas como sendo a voz do Espirito Santo me dizendo:

"Não adianta crer da boca pra fora
Tem que crer com o coração,
Com a sua alma toda hora!

Não adianta crer, só dentro da igreja
Na hora de pedir, pôr um pedido sobre a mesa!

Nunca faltar na campanha,
Nunca ir na oração,
Só receber 'cajadada' e ainda pedir compaixão!

E na hora da oferta, ‘cê olhar pro lado
E já pensar na desculpa: “Eu estou desempregado!”

Você não pensa em dar...
Só em receber...
Você só sabe pedir,
Mas não sabe agradecer!
Do quê adianta?
Sempre estar ali, no mesmo lugar...
Se você não vem pra adorar
Você só vem pra ganhar!!!

Não se propõe a orar 15 minutos por dia,
Mas comove todo um povo para ouvir profecia!
Não entende como tem tanto problema na familia!
Que pena que o sono não deixar ir na vigilia!

Você não pensa em dar...
Só em receber...
Você só sabe pedir,
Mas não sabe agradecer!
Do quê adianta?
Sempre estar ali, no mesmo lugar...
Se você não vem pra adorar
Você só vem pra ganhar!!!"

Você pode ouvi-la e baixá-la nos links abaixo:


 

  Ela foi escrita há mais ou menos 10 anos atrás, e ainda é extremamente relevante! Acredito que ela seja clara. Concordo com o Fernando, hoje muita coisa que a letra fala, está fora de nosso contexto. Acredito que muitos ainda vivam uma vida dessa forma. E não preciso ir muito longe. Muitas vezes, eu sou 'esse' de quem a canção fala.

"Examine-se, pois, o homem a si mesmo..." - 1 Coríntios 11.28

E a nossa parte é nos examinarmos e buscarmos que o Espírito Santo nos ajude a mudar o que for preciso. Pois se for depender de nós mesmos, não sairemos de nossa zona de conforto.

sábado, 16 de novembro de 2013

O Escorpião e o Sapo

Nos últimos dias tenho pensado bastante sobre a nossa natureza. O homem tem a sua natureza caída e má, por causa do pecado, mesmo existindo dentro dele a eternidade. Cada coisa que existe foi criada para um propósito e se ela não manifestar o propósito para o qual foi criada, ela não tem serventia. O homem foi criado para manifestar, ou melhor responder ao amor de Deus. Sendo assim, entendo e mais uma vez friso aqui o texto de Romanos 8.19:

"Porque a ardente expectativa da criação aguarda pela manifestação dos filhos de Deus."

E que manifestação é essa?

É a manifestação de Jesus. A manifestação do amor.

Hoje quero compartilhar mais uma história que encontrei quando estava pesquisando sobre a de ontem, "O Escorpião e o Mestre", que desenha melhor a nossa situação de pecadores.


Um escorpião se aproximou de um sapo que estava na beira de um rio, pronto para atravessá-lo e pediu:

- Seu sapo, deixa eu pegar carona para cruzar o rio nas tuas costas? Eu não sei nadar…

- De jeito nenhum! –  respondeu o sapo – Vai que você me espeta com esse teu ferrão aí? Não quero morrer hoje não.

- Eu não vou fazer isso com você. Porque se você morrer eu vou me afogar e morro também.

-Eita, é mesmo. Sobe aí.

O escorpião subiu nas costas do sapo e foram. Quando estavam no meio do rio o sapo sentiu o ferrão venenoso furar as suas costas. Literalmente morrendo, o sapo disse:

- Mas você me prometeu! Por que???

- É a minha natureza. – respondeu o escorpião, sem remorso algum.

Autor desconhecido

* O sapo sabia que, apesar da promessa, o escorpião era escorpião. As palavras dele não o fizeram perder o ferrão venenoso. Mas ele prometeu que não iria fazer nada e o argumento dele fazia sentido. Tanto que ele também morreu. Só que ele não conseguiu não fazer o que sempre fazia. Era mais forte do que uma promessa que ele tinha acabado de fazer.

* Esse trecho foi extraído do blog do Jimmy

E essa história me faz lembrar de nós. A nossa natureza é pecaminosa e má. Por mais que tentemos mudar isso pela força do nosso braço, não vamos conseguir, pois é mais forte.

Ela serve também para ilustrar muitas situações de nossa vida. Sabemos que somos pecadores, que a nossa natureza é má, mas não queremos que ninguém haja de forma má para conosco. Queremos que as pessoas não nos julguem, nos perdoem e em contra partida, fazemos o contrário disso.

Sabemos bem que aquilo que plantarmos vamos colher, mas até que a colheita comece e vejamos os seus frutos, não teremos dimensão do que temos plantado.

"O tempo é algo que não volta atrás; portanto, plante seu jardim ao invés de esperar que alguém lhe mande flores". William Shakespeare

Que possamos prestar mais atenção em nossas sementes e tomar mais cuidado com a nossa terra.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

O Escorpião e o Mestre


Um mestre do Oriente viu quando um escorpião estava se afogando e decidiu tirá-lo da água, mas quando o fez, o escorpião o picou. Pela reação de dor, o mestre o soltou e o animal caiu de novo na água e estava se afogando de novo. O mestre tentou tirá-lo novamente e novamente o animal o picou. Alguém que estava observando se aproximou do mestre e lhe disse:

— Desculpe-me, mas você é teimoso! Não entende que todas às vezes que tentar tirá-lo da água ele irá picá-lo?

O mestre respondeu:

— A natureza do escorpião é picar, e isto não vai mudar a minha, que é ajudar.

Então, com a ajuda de uma folha o mestre tirou o escorpião da água e salvou sua vida.

Não mude sua natureza se alguém te faz algum mal; apenas tome precauções. Alguns perseguem a felicidade, outros a criam. Preocupe-se mais com sua consciência do que com a sua reputação. Porque sua consciência é o que você é, e sua reputação é o que os outros pensam de você. E o que os outros pensam, não é problema nosso... é problema deles.

Autor desconhecido

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Tempo para amar...

Mesmo em tempo mais remotos, a palavra amor nunca soou tão bem como tem sido em meus ouvidos. Talvez nunca tivesse feito muito sentido. Talvez eu nunca tenha entendido o que é o amor. Talvez por ter sido frustrado. Não sei... Enfim, não precisamos estar 'necessariamente apaixonados' para amar. Precisamos entender que o amor é uma essência.

Ontem estava compartilhando com algumas pessoas sobre isso e percebi que tudo gira em torno do amor. A Palavra diz que:

"Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor." 1 João 4.8

"E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele." 1 João 4.16

Então se Ele é o amor, nós precisamos amar.

"Porque n'Ele vivemos, e nos movemos, e existimos..." Atos 17.28


Gosto muito da música abaixo, mas prefiro ouvir na voz do Fellipe Magalhães, mas só encontrei um vídeo na voz do Thiago Grulha, que é autor da canção. 

Tempo Para Amar

"Olhei no relógio e o dia já se foi
E eu não disse te amo pra ninguém
Até tive chances mas deixei pra depois
Quanta coisa na vida eu deixei pra depois também, Pra depois também...


Estava com pressa
Não abracei meus pais
Não escutei a quem pedia atenção
Pra correr e vencer, deixei amigos pra trás
Estou ganhando o mundo
Perdendo meu coração

Quem não tem tempo para amar
Morre por dentro a cada segundo
Nós fomos feitos para amar
O amor de Deus transforma o mundo

Olhei no relógio e ainda é cedo, eu sinto a alma amanhecer
O amor perfeito lança fora o medo
Quem decide amar, decide viver
Decide viver

Quantos esperam o nosso olhar de amor
Palavras que confortem o coração
Em dia de guerra, de ódio e rancor
Só o amor de Deus é que traz salvação

Quem não tem tempo para amar
Morre por dentro a cada segundo
Nos fomos feitos para amar
O amor de Deus transforma o mundo."


Por diversas vezes agimos como a pessoa dessa canção. Então precisamos nos examinar e pedir ajuda para um Amigo Especial que nos ajudará, ou melhor, nos convencerá das falhas que estamos cometendo. Como falta de amor, perdão...

Deus é amor. O amor é um verbo. E Deus é o próprio verbo amar. Que a nossa ação para com as pessoas seja baseada na ação de Deus para conosco.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Usina 21

Perdão pela demora em transcrever o que aprendi no Usina 21 2013, mas como estou tentando fazer tudo o que tenho prometido, lá vamos nós... (risos)

Para mim, foi o melhor evento com cunho cristão do ano. Vou tentar fazer um apanhado geral das coisas que eu anotei lá.

Além de shows com Palavrantiga, Daniela Araújo e Coral Resgate, houve muita troca de informação de qualidade útil!


 "Deus quer que nós o honremos pela forma com que vivemos."
Eugene Cho

O problema é comprar a ideia, mas não vivê-la. Existe um problema em estar apaixonado apenas pela ideia. Não basta somente ter uma boa ideia, um sonho ou uma visão, é preciso ter coragem para fazer, cumprir.

Mesmo que sejamos frustrados pelos homens, precisamos ter a nossa Fé firme em Jesus!

"A pregação converte, mas o testemunho arrebata!"

"Estar dentro da caixa, faz bem... protege quem está de mudança."
Marcos Botelho

O evangelho da GRAÇA é o AMOR.

"Precisamos servir a Deus no mundo!"
Ed René Kivitz

Quem não incomoda, não faz diferença!

Acredito que muitas dessas coisas voltarão em outros posts, mas por hora... enjoy!

terça-feira, 12 de novembro de 2013

O que você está procurando que ainda não encontrou?

A querida dupla Jenny & Tyler está lançando um EP (For Freedom) para o combate ao tráfico humano e liberou por tempo limitado o download gratuito do cover da música "I Still Haven't Found What I'm Looking For" da banda de rock irlandesa U2.



Confesso que não gosto muito do U2, gosto apenas da música "With or Without you", que foi o tema de amor de Rachel Green e Ross Geller, para ser mais preciso, na segunda temporada de Friends.


O que quero compartilhar é sobre uma conversa que tive com dois amigos, onde a ideia original era um café, como não tomamos café, seria um chocolate quente, mas por causa do calor, acabamos por tomar bebidas geladas (risos), enfim, acabamos entrando no tema da canção do U2.

A principio comentamos sobre o que as pessoas tanto falam sobre a espiritualidade do Bono Vox, mas que no meu entendimento a espiritualidade está em tudo e até mesmo naquele que diz que não acredita em Deus, pois se acontece alguma coisa, ele logo diz: "Meu Deus!". Por se tratarem de pessoas que acreditam que Jesus é o Salvador, que morreu numa cruz por Suas vidas, a resposta parece ser simples. E surge um "Como assim Ele não encontrou Jesus?".

Eu não sei o que o Bono está procurando, mas...

O que você está procurando que ainda não encontrou?

Andamos pelos nossos dias como baratas tontas, sempre em busca de uma verdade, de uma razão. Talvez estejamos a procura do que nunca experimentamos. De um Reino diferente do nosso. Então não está tão longe de nós dizer: "I Still Haven't Found What I'm Looking For".

Segue a tradução da música:

"Eu escalei as montanhas mais altas
Eu corri através dos campos
Só para estar com você
Só para estar com você

Eu corri, eu rastejei
Eu escalei os muros da cidade
Estes muros da cidade
Estes muros da cidade
Só para estar com você

Mas eu ainda não encontrei
O que estou procurando
Mas eu ainda não encontrei
O que estou procurando

Eu beijei lábios de mel
Senti a cura na ponta dos dedos dela
Queimou como fogo
Esse desejo ardente

Eu falei com a língua dos anjos
Eu segurei a mão do demônio
Estava quente à noite
Eu estava frio como uma pedra

Mas eu ainda não encontrei
O que estou procurando
Mas eu ainda não encontrei
O que estou procurando

Eu acredito na vinda do Reino
Então todas as cores
Irão filtrar-se em apenas uma
Irão filtrar-se em apenas uma
Mas, sim, ainda estou correndo

Você quebrou os laços, soltou as correntes
Você carregou a cruz
E a minha vergonha
E a minha vergonha
Você sabe que eu acredito nisso

Mas eu ainda não encontrei
O que estou procurando
Mas eu ainda não encontrei
O que estou procurando
Mas eu ainda não encontrei
O que estou procurando
Mas eu ainda não encontrei
O que estou procurando
"


Dinheiro, sucesso profissional, amor verdadeiro... são uma das principais coisas que tanto buscamos, mas que nos frustramos quando alguma dessas coisas não acontecem conosco. Acredito que o que procuramos e o que o mundo também procura é a manifestação dos filhos de Deus. Isso só irá acontecer, quando andarmos em novidade de vida!

"Se eu encontrar em meu ser desejos que este mundo não pode satisfazer, eu só posso concluir que eu não fui feito para este lugar!" 
C.S.Lewis

Tire suas próprias conclusões e compartilhe, quem sabe juntos poderemos descobrir.

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Guia-me...

Que em mais esta semana que se inicia possamos ter a certeza que se guiados pelo Senhor, vamos mais longe e esta longa jornada não vai ser triste ou vazia, pois não estaremos sós.



Guia-me
Daniela Araújo

Cada um por si
Todos por nenhum
Não param pra pensar por momento algum
Fruto da vaidade
Terra de ninguém
Ideias pela metade, passatempo de alguém

Pra que tanta evolução
Se o crescimento sempre fica para trás
E o mundo me diz não
Mas ainda existe alguém oferecendo paz

E esse alguém Sou Eu
Não me diga adeus
Eu sei bem aqui dentro que você não me esqueceu
Então abra os seus olhos
E olha para mim
Eu morri numa cruz, por você ressurgi
Abri mão de mim mesmo
Siga-me

Tanta coisa pra falar
Tanta coisa pra mudar
Não quero querer
Nem quero ter
Só quero ser o Teu querer
Quero Te servir
Vem me conduzir
Em meio ao meu deserto vem como nuvem me guiar

Nem preciso mais saber
Pra onde vou ou quanto tempo ainda falta pra chegar
Pois eu sei de alguém que encontrou o seu lugar

E esse alguém sou eu
Não direi adeus
Eu sei bem aqui dentro que o Senhor não me esqueceu
Então abre os meus olhos
Pra que eu possa ver
Quero ver teu amor refletido em mim
Abro mão de mim mesmo
Guia-me


Mesmo que nos esqueçamos, Ele está conosco. Peça para Ele te guiar hoje!

"Vem andar comigo..."

domingo, 10 de novembro de 2013

Os 10 [e alguns outros] mandamentos para o mundo virtual e as mídias sociais - Por Ed René Kivitz

Ontem estive no evento chamado Usina 21. Ainda estou processando tudo o que aprendi nesse encontro. Agradeço a Deus por poder fazer parte de algo diferente para jovens. Que seja mesmo uma revolução na vida de todos que estiveram ali.

Mas hoje quero deixar com vocês:

OS DEZ [E ALGUNS OUTROS] MANDAMENTOS
PARA O MUNDO VIRTUAL E AS MÍDIAS SOCIAIS


 1. Não viverás no mundo virtual, apenas farás incursões. Não substituirás o mundo real pelo mundo virtual.

2. Não venderás a alma para ganhar seguidores. Evitarás factóides e fugirás das polêmicas pelas polêmicas.

3. Não construirás de ti mesmo uma imagem fake no mundo virtual. Não manipularás as pessoas para que pensem de ti mais do que convém. Conscientemente constuirás tua identidade no mundo virtual.

4. Não te confundirás com o teu avatar. Não permitirás que tua identidade seja determinada pelo que dizem a teu respeito nos comentários das tuas postagens.

5. Não serás displicente, negligente e descuidado a respeito das fronteiras da tua intimidade. Cuidarás das dimensões pública (o que qualquer um pode saber), privada (o que apenas as pessoas com quem você se relaciona sabem), e íntima (o que apenas as pessoas para quem você revela sabem). Isso vale também para a vida dos outros.

6. Saberás claramente as razões porque estás presente no mundo virtual e utilizas as redes sociais. Não te tornarás o assunto das tuas mídias. Não falarás apenas de ti mesmo. Aliás, quase nunca falarás de ti mesmo. Oferecerás conteúdo.

7. Não protagonizarás barracos no mundo virtual. Não agredirás pessoas com fofocas, calúnias e difamações. Debaterás ideias, não pessoas. Não serás melindroso: lembre-se que quem fala o que quer, ouve o que não quer, inclusive bobagens. Não serás covarde, dizendo no mundo virtual o que não dizes olhos nos olhos.

8. Não plagiarás. Respeitarás os direitos autorais.

9. Não usarás as mídias sociais para destruir, mas para construir. Não serás apenas contra, mas dirás do que és a favor e farás propostas.

10. Não cairás na armadilha embutida na expressão "rede de relacionamentos". Relacionamento virtual é uma contradição de termos.

Por Ed René Kivitz

sábado, 9 de novembro de 2013

A que ponto chegamos?

Nos últimos dias o Brasil recebeu a visita de um astro pop mundial. Justin Drew Bieber é um cantor e compositor de música Pop e R&B canadense. Em 2007, seus vídeos de covers foram muito vistos no YouTube e após este sucesso conseguiu visibilidade e começou a galgar seus passos.

Assim como muitos artistas no começo de suas carreiras são brilhantes, atenciosos, simpáticos e seguindo uma lista de qualidades como parte do protocolo. Mas após algum tempo de 'carreira', sucesso, dinheiro, fama e poder, as pessoas literalmente se transformam. Isso é em todos os âmbitos. Dê poder, autoridade, visibilidade e dinheiro para alguém que você enfim saberá quem esse alguém realmente é!

Notícias como:

"Justin Bieber surta e maltrata adolescentes no Rio de Janeiro..."

"Justin Bieber é autuado por pichação em muro no Rio, diz polícia"



Coisas desse tipo e piores me deixam um pouco entristecido, pois além de ingressos caríssimos, existe o chamado "Meet & Greet", que seria um encontro com seu 'ídolo', onde poderiam conversar e tirar fotos, mas que para mim é uma grande farsa e como se não bastasse, pessoas pagam a pequena bagatela de até R$ 3.000,00 para nada mais e nada menos do que uma simples foto, onde o artista não demonstra nenhum tipo satisfação, a não ser talvez a de ter a 'grana' dos infelizes fãs.

Me desculpem colocar dessa forma, pois é isso mesmo que fazemos. Por exemplo, já teve eventos de bandas estrangeiras em que eu fui (Hillsong United em 2007 e Jesus Culture em 2012) e paguei o valor que me cobrado sem nenhuma reclamação, mas quando é um evento nacional, fico choramingando e questionando o por que de ser cobrado.

Mas afinal, a que ponto chegamos?

O Brasil apesar de todas as suas riquezas, existe muita pobreza e desigualdade social. Mas uma coisa que o brasileiro sabe fazer muito bem é ser receptivo. Desde pequeno já somos absorvidos (demorei um pouco para conseguir expressar em uma palavra...) pela cultura americana e tudo o que vem de lá é venerado e considerado como a melhor coisa do mundo. Enfim, que possamos valorizar mais aquilo que temos.

Que a nossa adoração, veneração seja direcionada para as coisas certas.

Não estou aqui como um cristão questionando o que acontece no mundo, pois isso ocorre dentro das igrejas também. Entendo que admirar e adorar são coisas similares, mas com significados diferentes. Segundo o dicionário Michaelis, Adoração significa: 1 Ação de adorar. 2 Demonstração de afeto, respeito ou submissão. 3 Amor excessivo. 4 Objeto adorado. 5 Quadro que representa a veneração dos magos ao menino Jesus. 6 Filos Ato pelo qual reconhecemos a nossa dependência de Deus. E Admiração significa: 1 Ato de admirar. 2 Assombro, espanto, estranheza, pasmo, surpresa. 3 Afeição. 4 Respeito. Podemos admirar quem  e o que quisermos, mas a nossa adoração, deve ser única e exclusiva para o Trino Deus.

"Ora, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus sábio, seja honra e glória para todo o sempre. Amém." 1 Timóteo 1:17

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Estranho: Introdução - Parte 3

Precisamos ser do tipo estranho que desagrada o mundo, as pessoas, mas que agrada a Deus!


A normalidade contamina a nossa Fé, tanto no sentido daquilo em que cremos quanto de como vivemos. Quando pensamos em como as pessoas se relacionam com Deus, é normal: ou rejeitá-lo por completo ou acreditar n'Ele ao mesmo tempo que se vive como se Ele não existisse.

Nas igrejas, o cristianismo morno é a norma, o consumismo espiritual autocentrado e a Fé rasa, voltada para o eu. Deus se tornou o meio para um fim, apetrecho a mais na nossa caixa de ferramentas para conseguir o que desejamos. A maioria das pessoas, afirma conhecer a Deus, mas o nega por seus atos. E tudo isso é normal. Mas ser normal não está certo. Não está dando certo.

Todo mundo percorre o caminho largo, apenas uns poucos tomam o caminho estreito.

Precisamos apenas levar a sério o que a Bíblia diz e seguirmos atentos as Palavras de Jesus!

"Se você permitir, se você não escolher deixar-se levar fácil pelo caminho largo do mundo, mas abrir uma trilha estreita tendo Jesus como seu guia, nunca se acomodará outra vez com a normalidade. Só desejará uma coisa: Ser o tipo de estranho que agrada a Deus!"

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Estranho: Introdução - Parte 2

Dando continuidade, segue mais algumas anotações que tenho feito do livro 'Estranho', mesmo ainda na introdução, quanta coisa já anotei, mas espero poder gravar no meu coração para que eu não me esqueça nunca mais...


































"Os ensinamentos de Jesus eram tão estranhos que podiam facilmente ser considerados do outro mundo (literalmente)."

Se formos pensar bem, os ensinamentos de Jesus ainda nos soam estranhos, pois a forma com que vivemos, aprendemos, fomos ensinados, diverge demais da cultura do Céu. Por este motivo, Jesus orava ao Pai: "Vem a nós o Teu reino e seja feita (AQUI na Terra) a Sua vontade. Assim na Terra, como ela é feita no céu!" (Mateus 6.10, Lucas 11.2). Entendo que se Ele dizia isso é por que esta Terra está uma bagunça e ordem já existe no Céu. Então que venha sobre nós também!

A normalidade nos manda odiar, nos vingar... mas Jesus nos diz para amar, interceder...

"Mas a vós, que isto ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam;
Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam.
Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra; ...
"

Lucas 6.27-29

"De repente, as Palavras de Jesus parecem extremamente claras."

Somente pessoas estranhas deixam a autoestrada normal. Embora pequeno, existe um corajoso grupo de viajantes dispostos a se destacarem da multidão e a embarcarem em um tipo diferente de jornada por um caminho menos óbvio.

"Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem."

Mateus 7.13-14

Continua...