quinta-feira, 29 de maio de 2014

Conversa entre amigos via SMS: "It's not a good advice..."


"Eu tenho me arriscado, ousado.
Tenho preferido tentar, mesmo que eu saiba que vou errar.
Estou andando sem medo, destemido para o que quero e estou certo.
Mesmo errado, errando, continuo tentando.
Quem sabe um dia eu descubra que tudo não passou de vaidade.
Mas por hora, esse sou eu!"


"Me sinto solitário, mesmo rodeado de muitas pessoas."

terça-feira, 27 de maio de 2014

Mudança



Eu não estou fazendo nada.

Estou acomodadíssimo.


A poeira na estante me incomoda.

Mas não me incomoda tanto ao ponto de eu fazer algo para limpá-la.


Preciso fazer alguma coisa.

Preciso fazer a minha parte...

Se eu quero uma mudança.


"A mudança que eu quero no mundo [nos outros], precisa começar em mim."


domingo, 25 de maio de 2014

Oração: "Liberta-me!"


Liberta-me
Liberta-me
Liberta-me, pois eu preciso de Ti

Eu quero Te ver
Te abraçar
Em Teus braços eu quero estar
Eu quero Te adorar

Eu quero Te ouvir
Te conhecer
A Tua vontade eu quero fazer
Eu quero cumprir o Teu querer

Toma minha vida pra Ti, Senhor

E enche-me de Ti
Toma-me pra Ti
Tira as minhas vontades
Eu quero estar pronto pra Ti

Purifica-me
Santifica-me
Purifica-me, Senhor
Vem me santificar

Liberta-me...

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Numa chuvosa noite de sexta-feira...

Em meio ao caos... Tudo pode acontecer...


Não gosto de casais que ficam se amassando perto de mim.
Acho constrangedor.

Muitos podem dizer que é porque nunca me apaixonei.

Humn...
Sei lá...
Pode ser.

Outros ainda diriam que é algum tipo de recalque.

Que seja!

Meu senso diz que isso não é legal.
Existe local e hora para tudo, mas a gente não sabe esperar, não é?

[ Quando digo: "a gente" eu me incluo nesta estatística, pois sei que posso ser o protagonista de um espetáculo como esse, um dia desses... Por isso não posso me isentar. Além disso, somos os especialistas na arte da contradição. Né, não? ]

O constrangimento maior, na minha concepção, não é dos protagonistas da ação, da dita cena, mas do pobre telespectador que não tem como usar o controle remoto e simplesmente, mudar de canal.

Em contra partida, sou levado a considerar a situação dos atores. Mas nada disso justifica.

Enfim, termino por aqui este breve relato, após ver essa trágica [não tão trágica assim] cena numa chuvosa noite de sexta-feira.

Mas este é o menor de todos os problemas...

domingo, 18 de maio de 2014

What's my problem?

Isso não é para mim.
Pode ser para você, mas pelo jeito não para mim.
Cansei de tudo isso, mas foi bom para entender e aceitar que isso não é mesmo para mim.


sexta-feira, 16 de maio de 2014

Sobre "A Pena"


Pena de pássaro.
Pena de dó.
Pena de sofrer.


O artista, o poeta, em geral, as pessoas que se expressam através da arte das palavras, são tristes. Por mais que derramem as turbações de suas almas, muitas emoções, sensações e percepções não saem do papel, não se materializam em acontecimentos reais.
[Desculpe o pleonasmo.]

Ouvindo uma das minhas bandas preferidas do momento, O Teatro Mágico, tenho refletido muito sobre a alma do poeta, do artista. As palavras são cheias de significado e profundidade, e são mais do que conhecemos. Hoje me dando a oportunidade de ir mais fundo, me refiro a tudo em minha vida, penso no sofrimento e na dor de um artista. É dali que muitas, se não, a maior parte de suas melhores obras se extraem. E para quem já teve a oportunidade de criar algo, ou exteriorizar algo, isso não tem preço, é uma das melhores sensações do mundo. Não há dinheiro que pague quando há um feedback positivo. E a tristeza maior do poeta está quando ele precisa mensurar sua arte.

 

Sinônimos de pena: castigo, comiseração, condenação, dó, lástima, lição, penalidade e punição.

Eu queria ter uma pena,
Para escrever sobre a pena.
Mas para a minha pena,
Eu não tenho uma pena.
Então, por favor, tenham pena.
Pois a minha pena é sentir pena de mim mesmo.


A minha inspiração vem do Grande Poeta.

Por isso:

"Eu sinto que sei que sou um tanto bem maior..."


quinta-feira, 15 de maio de 2014

Preto e Branco


Quando nasci, era preto.
Quando cresci, era preto.
Quando pego sol, fico preto.
Quando sinto frio, continuo preto.
Quando estou assustado, também fico preto.
Quando estou doente, preto.
E, quando eu morrer continuarei preto !

E tu, cara branco.
Quando nasce, é rosa.
Quando cresce, é branco.
Quando pega sol, fica vermelho.
Quando sente frio, fica roxo.
Quando se assusta, fica amarelo.
Quando está doente, fica verde.
Quando morrer, ficará cinzento.


E vem me chamar de homem de cor ?



- Escrito por uma criança Angolana

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Que lugar é esse?


Eu me fechei para o mundo.
Construí paredes e muros, talvez indestrutíveis, que me tornaram inalcançável.
Tranquei as portas e janelas.
Cerrei os portões com grandes correntes e cadeados enferrujados.

Lá dentro,
existem tantos quartos escuros que carecem da luz [tanto quanto a minha pele] e esperança.
Há um lugar onde pode se ouvir o som das lágrimas, choros, gritos e muitos lamentos.
Só pode ouvir isso, quem consegue a proeza de entrar.

Mas que lugar é esse?

Esse lugar é meu coração.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Criança mimada...


Você conhece alguma criança mimada?

Se a resposta foi positiva, você consegue olhar para ela e identificar alguma característica ou comportamento semelhante?

domingo, 11 de maio de 2014

"Mama I love you. Mama I care."





"Brigamos tanto, reclamamos... Mas qual é a nossa diferença?

Achamos ser em demasia a preocupação, mas somos iguais.

Agimos igual mas com prioridades e problemas diferentes.
 

Somos iguais aos nossos pais."


Hoje quero dedicar este espaço a todas as mães. Em especial a minha MÃE!


"Eu sempre te disse para você ficar calma e não se preocupar
Até que as coisas se esfriassem um pouco mais
Mas isso tudo foi só para provar o que eu sinto por você..."




Mãe eu te amo!

Mão eu me preocupo.


sábado, 3 de maio de 2014

Como se já não bastasse...



Como se já não bastasse
o cara ser afortunado,
ainda compartilha de uma beleza exterior.
Respeitando é claro,
todas as exceções.


Como se não bastasse
ser desprovido de formosura,
o coitado também é desafortunado.
Salvo,
mais uma vez,
é claro,
toda e qualquer exceção.


sexta-feira, 2 de maio de 2014

Você me escolheu?



Você me escolheu.

Eu não via nada de interessante em mim.

Por mais que eu me 'achasse um pouco', creio que o meu complexo ocultava tudo.

Mas, você me escolheu.

E a pergunta que eu me fazia, era: "Por que eu?"

Por mais que eu quisesse ser escolhido, eu não conseguia acreditar que a minha vez chegou.

Você me disse: "Oi. Eu gostei de você."

Mas eu comecei a procurar os motivos para tudo acabar.

Eu não conseguia aceitar o simples fato de você ter me escolhido.

Eu estraguei tudo.

E agora loucamente eu me pergunto:

"Você me escolheu?"