quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Andando nas nuvens...


Hoje o peso que carrega é apenas o do seu corpo.
Sem carregar mais a carga extra que o pesava por quase trinta anos.
Parte destes anos, foi sem entendimento de causa.
Outra parcela deles de negação contínua.
Uma pequena parcela de esperança, quase foi sucumbida pela parte esmagadora,
pelo medo que o permeou ao longo dos anos.
Hoje respira, caminha e se alivia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário