quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Olhos...

Olhos ternos.
Olhos tortos.

Olhos altivos.
Olhos famintos.

Olhos com espinhos.
Olhos vazios.

Quantos olhares damos?
Quantos olhares recebemos?

Quantos conseguem sentir o peso de um olhar?
Quantos conseguem não se expressar através de um olhar?

Literalmente, os olhos falam muito mais do que mil palavras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário