sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Até quando, hein?



Mais uma menina foi expulsa de casa. Dessa vez, não foi porque ela engravidou ou se meteu em algum tipo de problema, mas pelo simples fato de ser diferente. A sua coragem lhe fez ficar desabrigada. Talvez sua covardia e medo, fizessem com que ela continuasse na "segura" obscuridade. Mas ao invés disso, ela cansou de fingir ser quem não era.

Mais um menino deu fim a sua vida, porque sua família não aceitava como ele era.

Até quando Brasil?

Até quando notícias como estas vão nos chocar a principio, mas por não estarmos inseridos nestes contextos, vamos seguir como se isso não acontecesse?

Eu não estou aqui para dar lição de moral em ninguém, mas algo que diariamente nos esquecemos, é que devemos tratar as pessoas, coisas e animais da mesma forma que gostaríamos de ser tratado.

Infelizmente, muitas pessoas são vencidas por seus medos e acabam sucumbindo.

Mas que possamos tirar alguma lição disso tudo.

Análise sua vida, seus dias, seus ciclos de convívio, e seja diferente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário