quarta-feira, 4 de março de 2015

Sujeito à Obrigação



Soando como um louco,
Suando como um porco,
Reflito sobre o que vejo...

Obrigações e mais obrigações.

Existem obrigações que eu digo: Obrigado!

Outras que eu me sinto obrigado.

Mesmo não sendo obrigado,
Me submeto muito a obrigação.

Ou será que é pelo meu jeito,
Que dou a entender que me sujeito?


Nenhum comentário:

Postar um comentário