segunda-feira, 4 de maio de 2015

"Carentes de Atenção"


Vivemos num tempo, onde o mais importante deixou de ser o 'estar em meio as pessoas', para 'quantas pessoas falam conosco, quantas pessoas curtiram nosso status ou as nossas fotos', em nossas redes sociais.

Mas, mais importante que aproveitar o momento, tem sido o registrá-lo. O que esperar da geração que está nascendo?


Me peguei pensando sobre a minha infância. Brincava na rua, não tinha computador, internet ou celular. No máximo, um vídeo game, mas isso não tomava mais do que duas horas por dia. A interação entre os amigos era mais importante. Brincar na rua até altas horas era o ápice.

Sinceramente, fui contaminado por este vírus chamado tecnologia e por isso estou aqui, escrevendo no computador, postando em um blog, ao invés de falar pessoalmente com alguém sobre isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário