quinta-feira, 27 de agosto de 2015

A vida não é fácil, é farsa!


"Por que precisamos fingir não gostar ou querer algo, sendo o oposto disso?"

Quando demonstramos que gostamos de alguém, inconsequentemente, decretamos o fim de uma relação justa. Quando o mais fraco ou o mais forte demonstra sentimento, o outro decididamente toma as rédeas e se apossa da função de rei da relação, de ditador de regras. Ao invés de travarem uma batalha justa, onde quem ganha é quem partilha, o ego é o objetivo principal.

Eu literalmente não consigo entender. Embora, eu assuma estes papéis vez ou outra. A minha intenção aqui não é criticar quem faz isso, mas sim tentar entender o por que do ser sincero assusta? Por que preferimos mentiras à verdade?

Posso estar sendo muito tendencioso neste post, mas estou compartilhando a visão do lado da cerca em que me encontro. Se você, que me lê, estiver do outro lado, me diga, pelo amor de Deus, como é a sua visão daí?

Bom, sabe aquele momento em que você percebe que não sabe cantar a letra correta de uma música em PORTUGUÊS? Sim, eu sou desses. Vivia postando a frase: "A vida não é fácil, é faça!", que para mim faz muito sentido, mas pensando na música que cita este verso avulso, para inserir neste post, fui ler a letra da música 'Outrora e Agora' do excelente O Teatro Mágico, onde o trecho correto diz:

"A vida não é fácil é farsa! Corre! Vem disfarçar!"

Agora faz todo sentido o trecho: "... Corre! Vem disfarçar."



Mas para dar um tom de humor a tudo isso, quero compartilhar um vídeo que vi ontem, das meninas do Depois das Onze, que me ajudou a fechar bem o assunto. Eu acho... Veja:


Nenhum comentário:

Postar um comentário