quinta-feira, 20 de agosto de 2015

démodé



O que é démodé para você?

O termo do francês, significa fora de moda. O que não é usual. Muitos utilizam essa expressão no mundo da moda. Mas não é só por lá que existem coisas démodé. Nos nossos dias, muitas coisas também estão fora de moda. Como por exemplo, está fora de moda:

Ser mal humorado. Mal educado. Viver de aparências.
Ser orgulhoso. Ser egoísta. Ser machista ou Feminista.
Ser preconceituoso. Ser hipócrita. Entre tantas outras coisas...

Na verdade, estas coisas nunca estiveram "in", mas sim "out". Fazendo alusão ao trecho de uma música que ouvi a poucos dias, montei um emaranhado de pensamentos, espero que entenda:

Quando me atentei ao trecho inicial da música "Honeymoon", da cantora Lana Del Rey, cheguei ao seguinte entendimento: Somente Elizabeth Woolridge Grant, sendo Lana Del Rey, para escrever uma frase que parece ter sido inspirada em mim [pretensioso... rs]: "We both know that it's not fashionable to love me...", que quer dizer: "Ambos sabemos que não está na moda me amar...", brincadeiras à parte, atrelar a mensagem que Jesus pregou de "amor ao próximo", com um discurso critico feito por Renato Russo: "Afinal, amar ao próximo é tão démodé", com esta frase da Lana, percebo que isso é um ciclo, mas parece que este ciclo está um pouco corrompido, pois ainda somos muito do que foi descrito acima, egoístas, egocêntricos e por termos sido feridos, não conseguimos amar o próximo, porque em primeiro lugar, nós não nos amamos.

Deu para entender?

Eu percebo que não adianta procurar um culpado para toda essa falta de amor no mundo, algo precisa ser restaurado. O amor não mudou. A sua essência não é efêmera. Os nossos dias são. Assim como as coisas estão em alta hoje, amanhã elas se tornam defasadas. Se não deixássemos sair de moda as boas ações, o mundo seria bem diferente. Mas para que essa mudança aconteça, ela precisa começar em mim e em você.

Um comentário: