domingo, 26 de julho de 2015

A Lista 2


Pensava que estava fazendo uma boa ação.
Na verdade era apenas mais uma inflação no meu ego.
Cinco minutos de farsa.
De um disfarce.

O tamanho vindo do Oriente, um pequeno incidente.
Embora sorridente.

A fera da Bela.
Tão igual.
Tão comum.
Tão inseguro...
Opa, acho que já vimos muito disso por aqui, né?
Poderia ter sido, se não tivesse desistido, ou não.

Viaja-se o mundo inteiro para realizar vontades e desejos.
Esse não foi diferente.
Embora não devesse e temesse, um telefone interrompesse.
Melhor é conversar e tentar.

Perdido numa construção buscando sua reconstrução.
Ledo engano.
Tentativa desenfreada.
Final decretado.
Uma conversa.
Um passeio.
Um cinema.
Tudo proibido.
Algo imprevisto, nem bem visto ou quisto.

Leia a primeira parte em: A Lista

Nenhum comentário:

Postar um comentário