sábado, 11 de julho de 2015

O príncipe e seu amigo plebeu

O príncipe correu pela floresta a fora, não mais montado em seu cavalo branco, pois com o susto que levou, seu cavalo galopou para bem longe dele. Vendo seu castelo, devastado e sozinho, entrou e levantou a ponte que cobria o rio e que dava acesso ao outro lado. Subiu a mais alta torre e lá se escondeu. Enquanto isso, seu melhor amigo também correu ao seu encontro para o ajudar e ficar com ele, mas o pobre príncipe não confiava em mais ninguém, pois a traição que sofrera o marcou profundamente.


Seu amigo na outra margem do rio, gritava sem parar seu nome, esperando que ele baixasse a ponte para que ele pudesse entrar, no entanto, este isso não o fez. Então, o seu amigo que ficou a margem do rio, sentou e chorou, chorou, chorou e chorou, pois passará por coisas semelhantes as que o seu príncipe passou. Ele ficou por ali esperando pela nobreza do jovem príncipe. O que por hora ainda não ocorreu, percebe-se que um se esconde atrás de suas armaduras, enquanto o outro se lamuria a beira do rio.


"I keep going to the river to pray.
'Cause I need something that can wash out the pain."
Ghost - Ella Henderson &  Ryan Tedder

Nenhum comentário:

Postar um comentário